coração

sábado, 31 de maio de 2014

Brotaste em mim?


"Brotaste de mim?
Ou fui eu de ti?
Criação composta de metades.
Rosa híbrida, raridade.
Que juntas emanam poder.
Coisa bonita, que nos faz quase onipresentes...
A melhor parte de mim, que criou raiz em ti.
Onde estás, minha criança?
Que sabe de mim, mais que eu...
Que ouço chorar até do outro lado da terra?
Essa sintonia, esse nó...
Meu diamante rosado, flor de gente, ouro em pó.
Te procuro, porque sinto aqui dentro...
Teu coração pulando, anunciando festa.
És sempre tão bem vindo.
Tão presente, mesmo longe da visão.
Meu mais que irmão, verdade de Deus, sem véu.
Por quem eu roubaria até o fogo do céu.
Mais que minha gente, é metade, é semente...
De toda esperança que não me deixa morrer.
Dessa tristeza, funda, de ser um só nesse mundo.
Tristeza equivocada, que sofre ignorante...
Pois a qualquer iluminado instante...
Podes apontar lá...
Lá, bem na curva dos milagres...
Onde o medo se esvai.
Tu, meu gêmeo de alma, meu TXAI."

(A palavra TXAI significa mais do que companheiro, "a outra metade de mim", na língua dos índios da tribo Kaxinawá, do Acre.)

(Gi Stadnicki - Tirado da linda página de Waldemar Zambello)

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Sentir-se seguro(a).


"Sentir-se seguro(a) é um sentimento ou uma necessidade que trazemos desde que nascemos. Somente Deus pode nos garantir uma segurança plena durante a vida. Não permita que roubem sua Fé e a esperança de que com Deus tudo é possível."

  (Denis Brau - Locutor e Apresentador.Atualmente na 

Rádio Diário Fm de Marilia-SP -)

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Profundo silêncio.


                         Tem dia que eu quero ficar em profundo silencio...esperando que Deus me ouça e aumentai a minha fé!

                                             - Eunice Alves-

O canto é uma força.


"O canto é uma força transformadora que toca as profundezas da alma e eleva o coração para o encontro com Deus, sendo Ele mesmo a razão do nosso cantar."

                                 ( Padre Reginaldo Manzotti )

domingo, 25 de maio de 2014

Senhor ordena a benção.


SALMO 133


"Oh!Quão bom e agradável é que os irmãos vivam em união.
É como o óleo precioso sobre a cabeça que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce a orla das suas vestes. Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a benção e a vida eterna."


          ( Tirado da linda página de Sol Santos )

Enquanto houver..


" Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança. "

                                  (William Shakespeare)

sábado, 24 de maio de 2014

PIOR QUE O ERRO..



PIOR QUE O ERRO E O ENGANO 

- é aprisionar a liberdade de escolher, 
- é aguentar uma “meia-vida” porque “tem de ser” 
- e não aceitar que se errou e é possível uma transformação. 
"Gosto da sábia frase que o filme “Encontrarás dragões” apresentava nos seus cartazes: “Todos os santos têm um passado”. Falta acrescentar a segunda parte: “E todos os pecadores, um futuro”! Não somos “pau para toda a colher”, não temos os dons todos nem somos capazes de tudo. Mas aquilo que damos com alegria Deus sabe multiplicar."


                                 ( João Torres )

Palavras erradas.


"Palavras erradas costumam machucar para o resto da vida, já o silêncio certo pode ser a respostas de muitas perguntas..."
                           
                                ( Pe. Fábio de Melo )

sexta-feira, 23 de maio de 2014

terça-feira, 20 de maio de 2014

Fechei os olhos.


"Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: Leve tudo que for desnecessário. Ando cansada de bagagens pesadas... Daqui para frente levo apenas o que couber no bolso e no coração. "                                                        

( Cora Coralina - Tirado da página Patrick Roberto de Souza )

domingo, 18 de maio de 2014

Na dor.


“Aceita tudo o que te acontecer. Na dor, permanece firme; na humilhação, tem paciência. Pois é pelo fogo que se experimenta o ouro e a prata, e os homens agradáveis a Deus, pelo caminho da humilhação.”

                          (Eclesiástico 2, 4-5) 

sábado, 17 de maio de 2014

Há em nós um desejo..


Como lembrava José Augusto Mourão, «há em nós um desejo de ser ou de viver que nenhum alimento do mundo pode saciar. O que é desejado em nós não são tanto os objetos de que parecia termos necessidade mas aquilo que subjaz ao fundo de que vivemos, o dom da vida».

“Os gregos começaram a murmurar contra os hebreus, porque no serviço diário não se fazia caso das viúvas” (At.6,1)! E não é caso para menos! Os pobres não são gente a evitar, mas os primeiros a atender, a escutar, a ajudar, a acompanhar, a servir, com uma «atenção amiga, uma verdadeira preocupação pela sua pessoa e pelo seu bem» (Papa Francisco, E.G. 199)! É mais fácil fazer catequese aos meninos, do que acompanhar os pais em crise ou dificuldade. É mais fácil cantar na missa, do que alegrar, em convívio, um idoso solitário. É mais fácil ir ao terço ou à Catequese de adultos, do que visitar uma família pobre. É mais fácil subir ao altar, para dar a comunhão, do que subir as escadas de uma casa, para deitar uma mão. É mais fácil levantar-se, para vir à Missa, do que vencer a preguiça de ir ao encontro de uma família, sem pão ou sem trabalho. É mais fácil andar no compasso, de campainha na mão, do que com o cabaz às costas. É mais fácil dar uma esmola, à saída da Igreja, do que ocupar-se e preocupar-se com a vida do pobre. Temos todos muito que fazer...”                                                                                                                                     

(Pe. Gonçalo da Paróquia da Senhora da Hora - Tirado da linda página João Torres)

#PalavraDeVida.


‪#‎PalavraDeVida‬ "É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida". (Lc 21, 12-19)
"As dificuldades, desafios, perseguições e incompreensões sempre baterão às portas da nossa vida e entrarão sem pedir licença. Para quem vive a Palavra de Deus não é diferente. O diferencial é que, "desistir" não é opção para quem quer viver em Deus. Para estes, o único caminho é sempre seguir amando. Quem persevera vivendo o Amor em toda e qualquer circunstância consegue não só a restauração da própria vida, mas também a dos que o rodeiam... São testemunho do Amor de Deus na Terra."

           ( Fábio Augusto - Médico, cantor e escritor )

sexta-feira, 16 de maio de 2014

UM CLÁSSICO! “Meu encanto...


UM CLÁSSICO! “Meu encanto precisa da saudade...”

“Era uma vez uma menina que amava um pássaro encantado que sempre a visitava e lhe contava estórias, o que a fazia imensamente feliz. Mas chegava um momento que o pássaro dizia: “Tenho que ir”. A menina chorava porque amava o pássaro e não queria que ele partisse. “Menina”, disse-lhe o pássaro, “aprenda o que vou lhe ensinar: eu só sou encantado por causa da ausência. É na ausência que a saudade vivi. E a saudade é um perfume que torna encantados todos os que os sentem. Quem tem saudades esta amando. Tenho que partir para que a saudade exista e para que continue a ama-la e você continue a me amar...” E partia.
A menina, sofrendo a dor da saudade maquinou um plano: quando o pássaro voltou e lhe contou estórias e foi dormir, ela o prendeu em uma gaiola de prata, dizendo: “Agora ele será meu para sempre.” Mas não foi isso que aconteceu. O pássaro, sem poder voar, perdeu as cores, perdeu o brilho, perdeu a alegria, não tinha mais estórias para contar. E o amor acabou. Levou um tempo para que a menina percebesse que ela não amava aquele pássaro engaiolado. O pássaro que ela amava era o pássaro que voava livre e voltava quando queria e ela soltou o pássaro que voou para longe.” 

(Rubem Alves in A menina e o pássaro encantado - Tirado da página Paróquia N. Sra Fátima)

A vida...


" A vida é tão maravilhosa porque também é feita de colos, de feridas que cicatrizam, de amigos que celebram ou choram junto. Feita de pessoas apaixonadas e apaixonantes, possíveis e impossíveis, pessoas que machucam, pessoas que chegam pra curar..."

                                  (Marla de Queiroz)

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Eu não quero...


* Eu não quero outro sorriso, outro riso, muito menos outro olhar que me contemple. Eu não quero outro colo, outro carinho, nem outro abraço que me acolhe e me protege de toda maldade do mundo. Eu não quero outro beijo, outro cheiro, nem outros dedos entrelaçando os meus. Eu não quero outro amor, além do seu. Eu não quero outro alguém, além de você !!! *

           ( Plenitude - Dá linda página de 
Mitiio Oga )

Eu estou viva..


Quando você me olha tenho a sensação que ainda existo, eu estou viva, sou de carne e osso...!

                                               - Eunice Alves-

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Veja o tempo, ele passa.


"Veja o tempo, ele passa, mas nós temos que enfrentá-lo todos os dias, temos vivê-lo e bem. Não importa se o tempo que vivemos e enfrentamos vem de forma favorável ou nos trazendo contrariedades. Precisamos viver!
Para isso precisamo ter fé, coragem e determinação. Sabedoria e obediência a Deus para fazermos a sua vontade.
Mas todos os dias somos obrigados a caminhar para a nossa liberdade o que não significa libertinagem. Temos que buscar a nossa liberdade em Cristo e com Cristo. Mesmo havendo tempestades, pedras no caminho, e tantos outro perigos. Precisamos caminhar uns dando forças aos outros. Não importa se eu estou sofrendo, se eu sinto dores, todos nós passamos ou vivemos com sofrimento e dores. É claro que o meu sofrimento e minha dor não são nem menores e nem maiores do que aqueles que você vive.A dor e o sofrimento não se mede pelo tamanho, cada dor e sofrimento são diferentes, ma s intensidade é a mesma. Ninguém gosta do sofrimento e da dor, mas se é preciso enfrentá-los, peçamos força e fé a Deus e Ele na sua infinita misericórdia nos dará."


                                 (Tarcísio Silva)

terça-feira, 13 de maio de 2014

Nunca menospreze...


"Nunca menospreze as lágrimas de alguém e nem despreze quem sofre ao seu lado, por mais dramática que a pessoa possa ser, o drama dela hoje pode ser a mesma causa de suas lágrimas amanhã."
  
                                       ( Roger Araujo )

Ato de Consagração.


Ato de Consagração à Beata Virgem Maria de Fátima.

“Beata Maria Virgem de Fátima,
com renovada gratidão pela tua presença materna
unimos a nossa voz àquela de todas as gerações

que te chamam beata.
Celebramos em ti as grandes obras de Deus,
que jamais se cansa de prostrar-se com misericórdia
sobre a humanidade, afligida pelo mal e ferida pelo pecado,
para curá-la e para salvá-la.
Acolhe com benevolência de Mãe
O ato de consagração que hoje fazemos com confiança,
diante desta tua imagem tão querida a nós.
Estamos certos de que cada um de nós é precioso aos teus olhos
e que nada é a ti estranho de tudo aquilo que habita em nossos corações.
Nos deixamos alcançar pelo teu dulcíssimo olhar
e recebemos o afago consolador do teu sorriso.
Protege a nossa vida entre os teus braços:
abençoa e reforça todo desejo de bem;
reaviva e alimenta a fé;
ampara e ilumina a esperança;
suscita e anima a caridade;
guia todos nós no caminho da santidade.
Ensina-nos o teu mesmo amor de predileção
Pelos pequenos e pelos pobres,
pelos excluídos e os sofredores,
pelos pecadores e os dispersos de coração:
reúne todos sob tua proteção
e os entrega ao teu Filho amado, o Senhor nosso Jesus."
Amém.

                                (Papa Francisco)


segunda-feira, 12 de maio de 2014

Cristo nos ensinou...


"Se o pobre representa a imagem de Deus, então nunca é demais o que fazemos pelos pobres.
O importante é fazer caridade, não falar de caridade. Compreender o trabalho em favor dos necessitados como missão escolhida por Deus.
Cristo nos ensinou a dar o anzol e não o peixe àquele irmão necessitado. Mas também nos disse para dar água a quem tem sede e pão aos que têm fome. Então é preciso entender que um faminto pode não ter forças nem mesmo para pescar. Nesse caso, antes de lhe dar o anzol, precisamos lhe dar a água e o pão.                                                          

( Irmã Dulce - Tirado da página do Pe. Antônio Maria)

Áquele que está descalço.


“Pertence aquele que tem fome o pão que tu guardas; àquele que está nu a capa que tu conservas nos teus guarda-vestidos; àquele que está descalço, os sapatos que apodrecem em tua casa; ao pobre o dinheiro que tu tens guardado. Assim tu cometes tantas injustiças quantas as pessoas às quais poderias dar.”                                  
                                   (São Basílio)

sábado, 10 de maio de 2014

Então Jesus lhes disse:


Jo 6,53-56.


"Então Jesus lhes disse: Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós mesmos. 
Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. 
Pois a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida. 
Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele."


 ( Tirado da página de Fabio Batista Rog Bauru )

Rezar o terço.


"Havia uma senhora muito simples que vendia verdura na vizinhança. Certo dia Tia Joana, conhecida por toda a vizinhança, foi vender suas verduras na casa de um protestante e perdeu o terço no jardim dele. Passado alguns dias, Joana voltou novamente àquela casa. O protestante veio logo zombar de

Tia Joana dizendo: "Você perdeu seu Deus?”... Ela humildemente respondeu: "Eu? Perder o meu Deus?? Nunca!!"...o Protestante pegou então o teço e disse: "Não é este o seu Deus?"... Tia Joana Respondeu: "Graças a deus o senhor encontrou meu terço muito obrigada"... Então disse o protestante: “Porque vc não troca este cordão com sementinha pela bíblia”?

Tia Joana respondeu-lhe: “Por que a bíblia não sei ler e com o terço eu medito toda a Palavra de Deus e a guardo no coração"... O Protestante insiste: "Medita a palavra de Deus? Como assim? Poderia me dizer?... Tia Joana pegando o terço respondeu: “posso sim, quando pego na cruz lembro-me que o filho de Deus deu todo o seu sangue na cruz

Para salvar a humanidade. Esta primeira contra grossa me lembra que há um só Deus onipotente. Estas três contas pequenas me lembra das três pessoas da Santíssima Trindade “Pai, Filho, Espirito Santo”. esta conta grossa me faz lembrar da oração que o Senhor mesmo nos ensinou, que é o Pai Nosso. O terço tem cinco mistérios que fazem as cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo cravado na Cruz e a cada mistério tem dez aves Marias que me fazem lembrar-se dos dez mandamentos que o Senhor mesmo escreveu nas tabuas de Moisés. O Rosário de Nossa Senhora tem quinze mistérios que são: cinco Gozosos, cinco Dolorosos e cinco Gloriosos.

De manha quando me levanto para iniciar a Luta do dia eu rezo os gozosos lembrando-me do humilde lar de Maria de Nazaré. No meio dia, no meu cansaço e fadiga do trabalho rezo os dolorosos a dura caminhada de Jesus ate o calvário. Quando chega o fim do dia, com as lutas vencidas eu rezo os gloriosos que me fazem lembrar que Jesus venceu a morte para dar a salvação."

E agora me diga onde esta a idolatria?

O Protestante depois de ouvir tudo isso disse: "EU NÃO SABIA DISSO. ENSINE-ME TIA JOANA, A REZAR O TERÇO?”.

*Testemunho verídico enviado por A.R.S, Esperança - PB.
Transcrito do Informativo "Ecos de Fátima", nº 14 , janeiro de 1998.


( Tirada da linda página de F C Luzia Santiago )

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Seremos como um sol.


"Há dentro de nós uma chama sagrada coberta pelas cinzas do consumismo, da busca de bens materiais, de uma vida distraída das coisas essenciais. É preciso remover tais cinzas e despertar a chama sagrada. E então irradiaremos. Seremos como um sol."

                                                   (Leonardo Boff)

Ele tem o poder.


Todas as manhãs fico esperando o seu lindo sorriso. Ele tem o poder de abrir a janela da minha alma!

                        - Eunice Alves-

quarta-feira, 7 de maio de 2014

A fofoca e os boatos...


A fofoca e os boatos provocam maldades irreparáveis na sociedade...
"Às vésperas de celebrarmos mais um Dia das Mães, somos envolvidos por notícias tristes, chocantes e deprimentes de violência contra mães e contra filhos. Não vale a pena repetir as notícias que se multiplicam em nossos noticiários e jornais, mas um desses dramas repercute no coração de tantas pessoas. Não encontramos consolo nem respostas para tamanha brutalidade. Uma mãe cristã católica, com duas filhas – uma de um ano e outra de 13 anos –, foi “crucificada” de forma covarde e brutal. Ela foi confundida com uma outra mulher, suspeita de ter cometido um crime que, na verdade, nunca ocorreu.
Fabiana Maria de Jesus, tinha 33 anos de idade e 15 de casada. Ela ainda estava se recuperando de uma depressão pós-parto. Era uma mulher inteligente, criativa, bondosa e carinhosa, que adorava visitar as pessoas e ajudar quem precisasse dela. Quando ela não estava bem, adorava andar de bicicleta e ir à igreja rezar. Todas as vezes que se sentia mal, saia de casa e passava longas horas, na igreja, rezando. Ela dizia que a casa de Deus era o lugar onde ela se sentia bem e feliz. Era frequentadora assídua da comunidade São João Batista, em Morrinhos 2, no Guarujá, litoral de São Paulo.
Na última semana, quando voltou à igreja para buscar sua Bíblia, que havia esquecido lá, retornou para casa e foi surpreendida por um grupo de pessoas que a lincharam num ato de maior covardia. Ela foi surrada, espancada, humilhada, maltratada, ofendida de todas as maneiras, sem, ao menos, saber por que passava por tamanha humilhação. Enquanto uns participavam do linchamento, agredindo-a fisicamente, outros riam e zombavam daquela deprimente situação. Sem direito a respirar nem pedir ajuda, ou ao menos ser socorrida, ela foi espancada até quase a morte, fato que ocorreu dois dias depois.
A dor da família de Fabiana é sem explicação. O fato ocorrido representa o que há de pior na relação entre as pessoas. O início da tragédia aconteceu, nas redes sociais, onde uma onda de boatos começou a ocorrer a partir de uma falsa denúncia, em um site voltado para os problemas da população. Não se trata de jogar pedra ou acusar quem fez ou não fez tal coisa, o que se espera é que a justiça aja com rigor e apure, com firmeza, os fatos. Porém, algumas atitudes necessitam da reflexão de todos nós.
Os boatos ampliaram-se cem vezes mais com o advento das redes sociais. Um fato que, antes, se espalhava apenas de boca em boca, agora, se espalha numa velocidade sem igual pelos sites e pelos mecanismos das redes. E boato é uma praga, para não dizer uma desgraça social. Ele inflama fofocas, conversas torpes, acusações sem fundamentos, discussões infundadas, calúnias, difamações, prejulgamentos e desvia o foco das pessoas de coisas fundamentais da vida, alimentando-as de fantasias e jogos de interesse.
Existe um ser fofoqueiro dentro de cada um nós. Existe, na espécie humana, uma sede de saber e contar novidades. Algumas pessoas aguçam mais essa sede do que outras; há, inclusive, quem alimente sua vida e suas relações sociais a partir de fofocas. Acredite: difamação e especulação sobre a vida alheia espalha-se com mais facilidade pela sociedade do que a verdade e as boas notícias.
A mãe de família Fabiana Maria foi vítima, em todos os sentidos, dos boatos e das fofocas espalhadas pelo ar. Ela foi confundida, prejulgada, condenada e assassinada sem direito a responder nem dizer nada. E, desde quando, alguém que é julgado pode dizer alguma coisa? A Fabiana foi vítima de uma fofoca cruel e trágica.
A fofoca é um dos elementos mais perversos da rede de intrigas, que fomenta as relações mais estúpidas de uma sociedade. Ela já destruiu casamentos, amizades, relacionamentos, comunidades, reputações e vidas.
Eu me faço totalmente solidário a essa família e assumo, no meu coração, os sofrimentos dela e de tantos amigos que estão, no Guarujá, sofrendo essa tragédia. Mas não posso deixar de convidar cada um a rever suas atitudes diante de tudo que ouve, fala, escreve e, acima de tudo, de seus julgamentos, porque a maioria deles acaba sendo precipitado. Não julgo aquela multidão que gritou para crucificar Jesus nem emito um juízo diante da insanidade coletiva que tomou conta das pessoas que crucificaram essa mãe de família. Mas não posso negar que dói, no coração, saber que nós seres humanos somos tão desumanos ao lidar uns com os outros."

                                   (Roger Araujo)

Ela pode ser o remédio.


"A dor pode unir as pessoas. Basta ver quanto nos tornamos solidários diante de grandes catástrofes. Deixamos de lado os preconceitos, as diferenças sociais e, em geral, nos solidarizamos.
Ela pode ser o remédio para acordar a alma e nos fazer perceber realidades para as quais os nossos olhos se mantinham adormecidos até então. Há os que passam por uma grande dor e se tornam pessoas amargas, que só reclamam da vida, dos outros, do mundo, de Deus.
Essas pessoas são infelizes. A vivência da dor e do sofrimento pode ser ocasião de amadurecimento, de humanização e de solidariedade, cultivando a humildade e o amor."                                                            


                                 (Dalcides Biscalquin)

terça-feira, 6 de maio de 2014

O amor não faz sofrer.


"Não confundas o amor com o delírio da posse, que acarreta os piores sofrimentos. Porque, contrariamente à opinião comum, o amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, que é o contrário do amor, esse é que faz sofrer. (...) Eu sei assim reconhecer aquele que ama verdadeiramente: É que ele não pode ser prejudicado.
O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca."

                           (Antoine de Saint-Exupèry)

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Quanto vale uma criança?


"Quanto vale uma criança? Ainda mais se for "de cor", ou indiazinha...(lá dos cafundós daquele outro planeta onde tem índio...) quanto vale uma criança do perdido semi- árido nordestino, ou aquelas, forçadas pela miséria à trabalho escravo nos rincões desse país, aqueles que nem se sabe para que lado fica?
Difícil...geografia é complicado, tudo bem.
Informação também...tem tanta, mas para quê? Se tanto faz...
Pois não chegue tão longe não...
Quanto vale o menininho de pé no chão, que passa o dia empinando pipa?
Aí, na rua detrás de tua casa mesmo.
E aquele que bate no vidro fechado do teu carro pedindo um trocado?
Quanto vale o meu e o teu medo deles?
Menininho de sete anos, que nos horroriza, pior que assombração.
Quanto vale o futuro dessas criaturinhas?
Futuro que pouco difere do presente, ou seja...
Quanto vale que lhes tenha sido negado um futuro?
Uma oportunidade de não ser visto como ameaça...
O tal Brasil desenvolvido, Brasil inclusivo, Brasil de oportunidades, de "primeiro mundo"...pátria mãe...mãe de quem? Quanto tem dado por esses meninos e meninas, fruto raro dessa terra?
Quanto vale o choro dessas almas santas?
Quanto vale seu desencaminhado existir?
O que tem sido desses anjos? Só Deus sabe né? Ele deve saber.
Esses filhos de Deus tal e qual o teu.
Valem um estádio de futebol...
Uma hidrelétrica...
Umas cabeças de gado...
Umas toras boas, de alto valor no mercado...
Uma multinacional mega, ultra milionária?
Vale isso tudo aí um serzinho desse, que à vista da maioria não é ninguém?
Às vezes não tem nem registro né? É nada perante a lei.
Lei...tem lei para quem, segundo a lei, não existe?
Deve valer nada não.
E aí, no teu íntimo?
Nas tuas entranhas...naquele negócio inexplicável que chamam de consciência...
Quanto vale essa pessoa?
Quanto daria tu?
Não há que se assustar se te disser...
Coisa inédita, coisa impensável! Parece até desaforo!
Mas já terá passado por nossas cabeças, que gente não tenha preço?
E se chega a se vender, só recebe o custo do desespero.
Porque gente não tem preço.
Vida? Vida não tem preço. Seja que vida for.
Portanto, de equívocos vivemos.
E padecemos, amargamente...
Pálidos de amor.
E sem saber o porquê.
Sem entender que esse mal nos acometeu, quando pusemos preço em tudo.
E como já é assim mesmo...
Dá preguiça de descruzar os braços.
Tédio de desenferrujar a mente.
Chato ter que amar em prática.
Dá trabalho demais ter culpa né? Cansa ser responsável.
Mas se der uma coragenzinha, levanta.
Levanta e pensa onde podes agir.
Como podes agir.
Pensa em agir! Porque nos querem assim como estamos...estáticos. Assim está ótimo para todo mundo que costuma a botar preço na gente.
Ao menos para o teu filho, se orgulhar de ti.
De ter tido pai e mãe...
Que lhe deram mais que um código de barras na testa."

(Gi Stadnicki - Tirado da linda página de 
Waldemar Zambello)

domingo, 4 de maio de 2014

Não me canso de lembrar..


"Não me canso de lembrar daquela Manjedoura, simples, discreta...
Mas que acolheu em seu interior A Perfeição, o mais Belo dos homens e o mais Divino dos seres.
Façamos do nosso coração uma manjedoura, singelo, doce, capaz de amar e de acolher na simplicidade O Filho do Homem!
Ser simples para sermos de Deus!"


 ( Tirado da linda página Paróquia N. Sra Fátima)

sábado, 3 de maio de 2014

Você é gente, como eu.


"Não existe necessidade alguma de você ser super homem, ou a heroína que leva o mundo nas costas. Você é gente, como eu, ou qualquer outra pessoa.
Por isso , dê a você o direito de viver de forma mais leve.
Você merece.
Sem muitas auto-criticas, pois caso se sufoque nelas, será uma pessoa insuportável, sempre querendo que o outro seja certinho, e o mundo não é da perfeição, o mundo é para se viver."

                                (Paulo Valzacchi Valzacchi)

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Eu só de pensar.


Eu só de pensar em te perder...meu coração chora o vale da dor!

                                        - Eunice Alves-

O correr das águas.


"O correr das águas, a passagem das nuvens, o brincar das crianças,
o sangue nas veias. Esta é a música de Deus”.

 (Hermann Hesse - Tirada linda página de Patrícia Melo)

quinta-feira, 1 de maio de 2014

A luz ...


"A luz sempre esteve dentro de você, cabe a ti , irradia-la, ou apagá-la, a escolha é sua.
Irradiá-la é por em prática tudo o que aprendemos. 
Apagá-la é dizer eu te amo, e se esquecer de verdadeiramente praticar!"


                                           (Paulo Valzacchi)